Cachorro pode comer alface? Tire suas dúvidas e veja como oferecer

Alface para os cachorros pode ser uma boa alternativa para variar a dieta do pet. Porém, saiba como e quanto oferecer ao cão
cachorro e cesta de alface

A alimentação natural tem se tornado uma grande aliada dos cães para que eles possam crescer fortes e saudáveis. Algumas pesquisas apontam que uma dieta com base em proteínas e composta de verduras, legumes e frutas pode ser muito benéfica para os animais.

Porém, é claro que é preciso conversar com um profissional antes de oferecer esse novo estilo de alimentação para o peludo. Além disso, é muito importante conhecer quais são os alimentos que os cães podem ingerir.

Se tratando das folhagens, a alface é a primeira que vem em mente. E será que os cães podem comê-la? Para descobrir, acompanhe nosso artigo até o final e tire suas dúvidas. Vamos lá.

Afinal, cachorro comer alface?

Sim, os cães podem comer alface. Rica em vitaminas C e A e fonte de minerais, como ferro e magnésio, o alface pode ser oferecido para os pets, que serão beneficiados com todas as suas propriedades. É também uma boa aliada para cachorros com sobrepeso.

Em 100 gramas da folhagem o pet pode obter 1,2 gramas de fibra, 141 miligramas de potássio e 0,9 gramas de proteína. Essa porção tem apenas 14 calorias, por isso é uma excelente opção para os cães que estão acima do peso.

Qual alface oferecer para os cães

Existem diversos tipos de alface e qual delas é a melhor opção para os pets? Bem, se você realmente quer alimentar seu cachorro com alface, fique com variedades mais escuras, como a alface romana ou roxa.

No entanto, não existe problema algum em optar pela alface crespa ou a americana. Mas como tudo em excesso faz mal, evite oferecer a folhagem mais de duas vezes na semana. Em excesso, a folha pode causar diarreia, vômitos e náusea devido à grande quantidade de água e fibra presente.

Sabendo dos cuidados necessário, oferecer alface para o seu cachorro é muito fácil e simples. Basta lavar a folhagem com algum produto próprio ou vinagre de álcool e enxaguar bem. Depois, corte o alface e misture com alguma fonte de proteína.

Por fim, vale ressaltar que essa folhagem jamais deve ser a base da alimentação de um cachorro, pois por mais benéfica que seja, ela não oferece o nível de energia suficiente que o cãozinho precisa para viver bem.

Benefícios do alface para os cães

O consumo de alface está relacionado com a melhor metabolização do colesterol e o aumento dos antioxidantes no organismo, dois fatores relevantes para evitar a ocorrência de doenças cardiovasculares e também aumentar a imunidade dos cães. Além disso, devido às vitaminas A, C e E, a alface pode ajudar a melhorar a saúde do pelo e também da pele do pet.

O consumo da folha também pode ajudar aqueles cães mais ansiosos e agitados, pois esse alimento pode promover a melhor qualidade do sono. A alface possui substâncias que agem de forma a deixar a respiração do pet mais tranquila e os batimentos cardíacos menos acelerados, sinais fundamentais para que o corpo se acalme e entre no estado certo para um boa noite de sono.

Portanto, a alface pode ser uma excelente opção caso você esteja querendo variar o cardápio do seu amigo de quatro patas. No entanto, nada de oferecer essa folhagem sem a orientação de um médico veterinário, ok? O organismo dos cães é sensível a mudanças alimentares, logo, uma nova dieta precisa ser elaborada com muito cuidado e com base nas necessidades do seu cachorro. Boa sorte!

Comentários