Cachorro pode comer abóbora? Conheça os benefícios e como oferecer

Os cachorros podem comer abóbora, visto que é um alimento saudável e que traz diversos benefícios para o cão. Saiba como oferecer corretamente
filhote de cachorro em um jardim dentro de um cesto cercado por abóboras

A alimentação natural para os cães tem se tornado cada vez mais popular, pois este tipo de dieta pode proporcionar ao bichinho mais saúde e longevidade. No entanto, é importante sempre conversar com um médico veterinário antes de fazer qualquer alteração ou transição para um novo tipo de alimentação do cachorro. Nada de fazer nada por conta própria, ok?

Entretanto, há legumes, verduras e frutas que podem ser oferecidos para os cães, e neste texto, vamos falar sobre a abóbora. Por isso, se você está interessado em oferecê-la para o seu cãozinho, acompanhe o texto até o final e tire suas dúvidas!

Afinal, cachorro pode comer abóbora?

Sim, os cães podem comer a abóbora, desde que esteja assada ou cozida e não seja a base da alimentação do pet. A abóbora é baixa em calorias e pode fornecer para o cachorro excelentes vitaminas, nutrientes e mineiras. Além disso, é uma boa opção para os cães diabéticos.

No entanto, lembre-se! Nada de misturar a abóbora com a ração do cachorro. A ração já oferece todos os nutrientes que o animal precisa, logo, a mistura pode acabar sobrecarregando o organismo do peludo e ele pode apresentar até mesmo problemas no trato digestivo.

Todo cuidado é necessário, portanto, consulte um veterinário antes de qualquer mudança na alimentação do seu amigo de quatro patas.

Benefícios da abóbora para os cães

A abóbora é um alimento rico em vitaminas e minerais, por isso ajuda a fortalecer o sistema imunológico e a prevenir as doenças mais comuns em cachorros, como a gripe canina, por exemplo.

Além disso, as fibras presentes nesse legume podem ajudar no processo digestivo do bichinho, estimulando o trânsito intestinal e evitando a prisão de ventre em cães. E ainda, o alto teor de água ajuda a manter o cachorro bem hidratado, sendo um excelente aliado quando o pet não gosta de beber água.

E os benefícios não param por aí! Por ser rica em vitamina C, ela acaba também acaba sendo um antioxidante natural que auxilia contra o envelhecimento celular.

A abóbora pode ainda prevenir a anemia em cães, devido à alta quantidade de ácido fólico que possui, sendo um ótimo alimento para cadelas prenhas e também para os filhotes.

E por fim, a alta quantidade de betacaroteno fortalece a saúde dos olhos, o que a torna um alimento excelente também para os cães idosos.

Como oferecer a abóbora para os cães?

A abóbora pode ser oferecida cozida ou assada para os cães, mas cozida é o ideal. Antes do preparo, lave bem e retire toda a casca, pois essa parte é importante evitar oferecer para o cachorro.

O tutor deve cozinhar a abóbora na água fervente sem sal ou óleo por cerca de 10 a 15 minutos. Evite preparar a refeição com temperos e outros tipos de condimentos, como o alho e a cebola, pois eles são alimentos tóxicos para os cães. Além disso, jamais ofereça a abóbora crua para o peludo, pois pode causar gases, cólicas intestinais e até mesmo vômitos.

Se quiser variar, já que a abóbora é um alimento extremamente versátil, você pode preparar um delicioso purê. Para isso, basta deixar a abóbora cozinhar até quase desmanchar, depois amasse com um garfo e misture com alguma fonte de proteína, como o frango, por exemplo. Seu cãozinho vai se deliciar como o prato.

Além disso, você pode ainda tentar fazer chips de abóbora. Basta cortá-la em fatias bem finas e colocá-las em um assadeira com um fio de azeite. Deixe assar por cerca de 30 minutos no forno com a temperatura de 180 graus. Outra opção é preparar as chips na air fryer.

Mas lembre-se, converse com um médico veterinário antes de tornar a abóbora uma aliada da dieta do seu pet. Boa sorte!

Comentários