Cachorro gigante: como contribuir para o bem-estar dos grandalhões

Além do amor proporcional ao tamanho, os cachorros gigantes merecem cuidados para viverem bem. Veja quais são!
Dálmata gigante ao lado Chihuahua

Há quem goste de cachorro de porte pequeno, existem os que preferem cães de porte médio e há aqueles que são completamente apaixonados pelos cães de porte grande ou até mesmo gigante. Todos os peludos, independente do tamanho, requerem uma série de cuidados, mas que variam de acordo com cada raça.

Por isso, se você está pensando em ter um cachorro de porte grande ou gigante, é importante que esteja ciente em como você precisará cuidar desse grandão, pois tudo é diferente. Se informe sobre todos os cuidados e gastos que você terá com seu grande amigo.

Nós podemos te ajudar! Ao longo do texto, vamos compartilhar pontos importantes que você deve se atentar com o seu grandalhão. Acompanhe até o final!

O que levar em consideração na hora de adotar um grandalhão?

Se você deseja compartilhar seus dias com um cão de raça grande ou gigante, deve ter em mente que:

  1. Você terá um animal de estimação que, quando atingir seu tamanho final, ultrapassará, no mínimo, 20 quilos de peso. Isso exigirá força e mais energia do tutor;
  2. As despesas serão maiores porque esses peludos comem mais, os acessórios também são mais caros, o orçamento do veterinário também vai aumentar. Logo, esteja preparado para os gastos;
  3. Você precisará de espaço em sua casa para que tanto o animal, quanto os habitantes humanos tenham algum conforto. Jamais tente criar um animal de porte grande ou gigante em um ambiente pequeno, pois isso será estressante para todos da casa, inclusive o pet;
  4. Por serem maiores, é possível que os movimentos do cão, em alguns casos, sejam mais desajeitados e causem maiores danos. Ou seja, eles podem facilmente derrubarem objetos sem querer. Esteja ciente disso e jamais brigue com ele por conta desses acidentes;
  5. Adestramento é indispensável para cães de grande porte, por mais dócil que ele seja. É importante lembrar que você terá que controlá-lo quando ele estiver perto de pessoas estranhas, pois o tamanho poderá assusta-las. Além disso, não será todo ambiente que o seu grandão poderá frequentar com você;
  6. Lembre-se de que os cães grandes e gigantes crescem mais lentamente do que os cães de raças pequenas. Mas eles também vivem menos do que os mais pequenos. A expectativa de vida média é de cerca de 10 anos. Por isso, é importante que você esteja ciente disso e aproveite cada segundo ao lado do seu grandalhão.

Principais cuidados com um cachorro grande

Alimentação

A qualidade da alimentação é um ponto muito importante, pois o seu grandão precisará de mais energia, proteínas, vitaminas e minerais. Portanto, pergunte ao veterinário sobre como alimentar adequadamente o pet. A alimentação natural é uma excelente alternativa para cães, especialmente os gigantes.

Lembre-se que um filhote de uma raça de porte grande e gigante, irá aumentar seu peso e crescer rapidamente nos primeiros meses de vida. Portanto, é importante que sua dieta tenha proteínas e cálcio suficientes, mas que as calorias não sejam excessivas. É que se o peludo estiver com sobrepeso, problemas ósseos e articulares vão acabar aparecendo. Por isso, muita atenção com a dieta do seu amigo.

Nível de atividade física

Os cães de raças grandes e gigantes são geralmente animais que possuem muita energia para gastar. Com isso, muitos desses peludos têm experiências como cães de trabalho. E isso significa que você terá que se dedicar para fazer com que o seu grandão consiga gastar um bom nível de energia diariamente. Invista em passeios, corridas, jogos e diversas brincadeiras.

Além disso, busque comprar para o seu grandão diversos brinquedos divertidos e interativos, pois esses cães tendem a ficar entediados com facilidade e podem acabar querendo destruir roupas e sapatos, logo, tenha cuidado!

Precaução

Ter cuidado com esse cãozinho é essencial, pois muitas pessoas acreditam que devemos toma precaução apenas com os cães pequenos, e isso não é verdade. Os cães grandes e gigantes podem chegar a áreas que outros cães de raças pequenas não alcançam, como o balcão da cozinha. Portanto, você terá que ter muito cuidado com o que deixa ao alcance deles. Evite deixar vidros, comidas perigosas, plásticos e embalagens ao alcance do seu grandalhão para prevenir acidentes domésticos.

Saúde

Cães de grande porte têm tendência a apresentar problemas na coluna e também nas articulações, por isso é muito importante que você leve-o com frequência ao médico veterinário. Além disso, faça seu cãozinho subir escadas apenas quando necessário, cães muito grandes podem facilmente se machucar nesses locais.

E por fim, dê muito amor ao seu grandalhão e ele se sentirá sempre feliz e confortável ao seu lado!

Comentários