Adoção de cães: onde e como adotar

Há diversos cães esperando por um novo lar. Separamos tudo o que você precisa para adotar um cachorro, incluindo os benefícios que você e o pet terão. Veja!
Rosto de um vira-lata

Neste artigo nós vamos te explicar tudo o que você precisa saber antes de adotar um cachorro, como se preparar para a chegada do animal e todos os requisitos que você precisa atender para abrir as portas para o seu novo amigo. Também iremos te indicar alguns sites e abrigos para você adotar um pet. Acompanhe até o final!

Adoção de cães: o que você precisa saber antes de adotar?

cachorro no colo de um menino

Adotar um cãozinho é um ato de muito amor e carinho. No entanto, todo esse processo exige grandes responsabilidades da parte do tutor e também de sua família.

Discuta a possibilidade de adotar o cão com todas da família

Antes de adotar o pet, é importante discutir a possibilidade com toda a família e verificar se todos estão dispostos a receber um novo integrante na casa. Afinal, um cãozinho irá mudar a rotina de todos no lar e se houver crianças, a adaptação ao pet também é necessária.

Reserve um bom lugar para o novo cachorro brincar e descansar

Além das mudanças na dinâmica da casa, alguns outros pontos também devem ser pensados. O futuro tutor deve avaliar se tem a possibilidade de oferecer ao cachorro todo o cuidado e bem-estar que ele precisa, como um espaço para ele brincar, descansar e dormir.

É importante ressaltar que você como dono do animal, deve ter um compromisso para zelar com a saúde física e mental do seu novo amigo.

Certifique-se que tenha tempo para cuidar do cachorro

O tempo que você terá disponível para o cachorro também deve ser pensado. Você não pode adotar um pet para deixá-lo o tempo todo sozinho. Logo, calcule quantas horas por dia você terá para passear e brincar com o seu novo amigo. Os cães são animais muito dependentes e podem facilmente desenvolver ansiedade por separação. Pense nisso!

Você irá gastar dinheiro com o cachorro

Os gastos com comida, brinquedos, acessórios, idas ao veterinário, vacinas e medicações também devem ser colocados na ponta do lápis. O tutor deve lembrar que um animal em casa requer alguns gastos para que ele possa viver bem e saudável.

E a medida que o animal vai envelhecendo, os gastos também aumentam. Por isso, pense nos gastos durante toda as fases do pet e lembre-se que você será sempre responsável por ele.

Escolha o porte e idade do cachorro de acordo com a sua rotina

Além disso, o tutor também deve pensar no porte e idade do animal que pretende adotar. Muitas pessoas adotam apenas cães filhotes, mas para adotar um cãozinho nessa fase é necessário calma, tempo e paciência. Já os cães adultos, com mais de 1 ano de idade, são mais fáceis de cuidar e exigem menos tempo. Pense em qual idade será mais adequada para a sua família. 

Hoje a maioria dos cães que se encontram para adoção em abrigos e zoonoses das cidades foram abandonados por famílias que não se prepararam ou pensaram direito antes de adquirir o animal. Logo, pense muito bem.

A partir do momento em que adotamos, somos responsáveis pela vida daquele animal até a sua morte. Abandonar animais é crime previsto por lei, com detenção de três meses até um ano.

Após pensar em todos esses aspectos, lembre-se também dos diversos benefícios de adotar um cãozinho.

O que é preciso para adotar um cachorro?

Para adotar um cachorro em zoonoses, ONGs ou canis de sua cidade, é necessário ter 21 anos, apresentar RG, CPF, comprovante de residência, assinar um termo de compromisso e ser submetido a uma entrevista para ver se realmente está apto a adotar o cãozinho.

Onde adotar um cachorro?

Você pode ir até as zoonoses, ONGs ou canis da sua cidade para adotar o cãozinho. Geralmente esses lugares têm cães de todos os jeitos, tamanhos e temperamentos prontos para serem entregues para um lar cheio de amor e cuidado.

Cuidados após a chegada do pet

Após fazer o pedido da adoção, é importante que você comece a preparar a sua casa para receber o cãozinho. Compre todos os acessórios que ele vai precisar, como caminha adequada, pote de água e comida, coleira para os passeios, ração e até mesmo o telefone da clínica veterinária mais próxima para a primeira consulta. 

Além disso, é importante que você proteja a sua casa para evitar a fuga do animal nos primeiros dias e também futuramente. Ele pode chegar assustado e tentar fugir. Logo, só receba o animal em casa quando já estiver com tudo pronto e seguro para receber o seu amigo peludo.

É importante também após a chegada do pet, apresentar ele com calma e cuidado para todos da casa. Tenha em mente que são cheiros e pessoas diferentes para o pet, logo, tenha calma e respeite o tempo dele.

Quais são os benefícios em adotar um cachorro?

  1. Você está salvando uma vida: ao adotar um animal ao invés de comprar, o tutor está dando uma segunda chance para o cãozinho.
  2. Você economiza dinheiro: além de não gastar comprando o pet, a maioria dos animais colocados para a adoção já estão castrados e com as primeiras vacinas tomadas.
  3. Gratidão incondicional: além do amor e carinho que o pet irá te oferecer, ele sempre terá um sentimento de gratidão por você ter dado uma segunda chance a ele.
  4. Fácil adaptação: devido ao período que passou no abrigo ou ONG, o cãozinho tende a se adaptar facilmente a novos ambientes.
  5. Eles são mais comportados: a maioria dos cães dos abrigos são adultos, logo, ele será menos propenso a destruir sua casa, como móveis, sapatos, cabos, e qualquer outra coisa que um filhote possa destruir. Logo, ele exigirá menos supervisão, pois costumam ser mais calmos.

Gostou? Então vamos ter dar mais 25 benefícios de ter um cachorro!

Leia também: Dicas de como resgatar cães abandonados

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *