Cachorro pode comer jiló? Veja os benefícios e como oferecer

Se oferecido corretamente, o jiló pode trazer benefícios para a saúde do cachorro. Veja os cuidados e forma de preparo

jilós

Sempre acompanhando diversos tipos de pratos, o jiló na realidade não é um legume e sim, um fruto. Com um gosto forte e muito amargo, não é o tipo de alimento que agrada a todos, e com os cães não seria diferente. No entanto, existem sim algumas pessoas e também animais que adoram o sabor. Para os humanos ele é seguro e muito saudável, mas será que o jiló também pode ser oferecido para os cães? Se você ficou curioso para saber, continue acompanhando o texto.

Os cães podem comer jiló?

Sim, os cães podem comer o jiló. No entanto, independente do porte do cachorro, ofereça no máximo um jiló por semana. Além disso, para que o seu cãozinho consiga consumir esse fruto de maneira segura e absorver todos os seus benefícios, é importante que seja in natura e cozido.

Nada de oferecer o jiló cru, pois o amargor do fruto será muito maior, podendo comprometer o paladar do cachorro por alguns horas. Uma dica para aliviar o forte sabor, é deixá-lo de molho na água por até 2 horas. Além disso, não refogue com cebola, alho, sal ou outros temperos, pois são alimentos tóxicos e extremamente perigosos para os cães. Ah, e jiló frito nem pensar!

Quais são os benefícios do jiló para os cães?

O jiló é rico em proteínas, fibras, sais minerais (como cálcio, fósforo, ferro e magnésio), vitamina A e C, vitaminas do complexo B, e também carboidratos. Logo, todos esses compostos oferecem os seguintes benefícios para a saúde dos cães”

  • Auxilia na regulação da pele e é essencial para uma boa visão;
  • O consumo regular de jiló auxilia um bom funcionamento do sistema nervoso;
  • Auxilia a respiração celular;
  • Faz bem para a saúde do coração;
  • Auxilia no combate do mau hálito canino;
  • Fortalece os ossos e dentes devido à quantidade de cálcio presente no fruto;
  • Ajuda no bom funcionamento do intestino.

E o melhor de tudo isso, é que o fruto também pode ser consumido por cães que possuem obesidade e diabetes, pois um jiló contém apenas cerca de 38 calorias. No entanto, mesmo que seja seguro e benéfico para a saúde dos nosso amigos de quatro patas, é muito importante conversar com um veterinário antes de acrescentá-lo na dieta do pet. Os cães podem ter alergias alimentares e o jiló pode não ser uma boa opção para o seu cachorro.

Comentários