6 legumes e verduras que os cães não devem comer: veja o porquê!

Na hora de oferecer alguns alimentos para os cães, é preciso ter cuidado. Há verduras e legumes que são tóxicos e podem fazer mal. Veja!
dachshund filhote e legumes

Embora legumes e verduras possam ter propriedades benéficas para os cães, também é verdade que devemos prestar atenção naqueles que podem ser prejudiciais à saúde dos nossos peludos. Os cães podem comer muitos dos alimentos que consumimos, embora o mais comum seja que eles comam apenas ração ou sigam uma alimentação natural prescrita por um profissional.

Ainda assim, podemos agradá-los com alguns legumes e verduras permitidos e até frutas saudáveis para eles. Por outro lado, antes de tudo, é preciso saber também que há alimentos tóxicos para os cães e vegetais que eles não podem comer. Para ficar por dentro desse assunto, continue acompanhando o nosso artigo até o final e veja 6 opções que podem ser gostosas para nós, mas perigosas para os pets. Vamos lá!

Legumes e verduras proibidas para os cães

A lista de vegetais que seu cão pode comer é quase infinita, ainda bem! Mas ainda sim, existem alguns legumes e verduras que são perigosas para eles. Conheça alguns mais comuns para não prejudicar seu animal:

  1. Cebola e “família”: cebola, cebolinha, alho-poró e outros da mesma família, são perigosos para os cães porque contêm tiossulfato, que destrói as células vermelhas e brancas do sangue do animal. Logo, essa substância acaba causando anemia no cachorro, que dependendo da gravidade pode ser fatal;
  2. Alho: assim como a cebola e similares, o alho contém tiossulfato e pode causar taquicardia, letargia, hiperventilação e outras doenças nos cachorros, se tornando perigoso para eles;
  3. Cogumelos: os cães não aceitam todos os fungos e cogumelos que podemos digerir, por isso pode ser que alguns dos que comemos não sejam bons para eles, fique atento!
  4. Tomate: o tomate, mesmo sendo um fruto, é indigesto para cães e pode causar dores de estômago graves, por isso não é indicado e está na lista;
  5. Folhas e caules de plantas: o caule e as folhas de vegetais e legumes podem causar danos irreparáveis ao organismo dos cães, por isso não devem ser oferecidos;
  6. Pimenta: além de causar uma ardência na boca do animal, a pimenta pode gerar um quadro de gastrite grave nos cães.

O organismo dos cães

Ao oferecer alimentos para os cães, é importante se atentar ao fato que cada animal possui suas particularidades, além de um organismo completamente diferente dos humanos. Por isso, antes de começar a oferecer verduras e legumes para o seu cachorro, é importante levá-lo ao médico veterinário para verificar se ele possui alguma alergia alimentar.

Também é importante ter a certeza que o seu animal pode começar a seguir este tipo de dieta mais natural. Lembre-se! Qualquer alteração na alimentação do cachorro, deve ser feita com acompanhamento profissional.

Comentários