Caixa de transporte para cachorro: quando usar e como escolher para cada porte

Saber qual caixa de transporte escolher para o cachorro é fundamental para garantir a segurança e conforto do animal. Confira!
cachorro dentro da caixa de transporte

Ter um cachorro em casa também significa ter todos os acessórios que ele precisa para viver bem, incluindo a caixa de transporte. Mesmo que algumas pessoas não considerem um item essencial, ele é muito importante para garantir a segurança do animal, não apenas para viajar com o cachorro, mas também nas idas ao médico veterinário.

Porém, não adianta achar que qualquer caixa de transporte serve para o seu pet, pois o tipo vai variar de acordo com o porte, peso e até mesmo a idade do seu cão. É por isso que antes mesmo de adquirir esse item, é preciso estar atento a alguns detalhes, como o tamanho, a altura e o diâmetro do modelo, pois o cachorro precisa estar confortável ali dentro.

Sendo assim, não deixe de entender qual é a ideal e mais segura para o seu cachorro. Esse texto vai te ajudar nessa missão. Acompanhe o nosso artigo até o final!

Tipos de caixa de transporte para cachorro

Com rodinhas

Caixa de transporte com rodinhas é ideal para cães de porte grande ou gigante, pois facilitam a locomoção, contribuindo para que o tutor não levante a caixa com frequência durante o transporte do cachorro e ofereça segurança para ambas as partes.

Além disso, esse modelo também é recomendado para transportar o cachorro em grandes distâncias, como em viagens de carro ou avião. Fique atento, pois algumas companhias aéreas não aceitam esse tipo de caixa, pois ela pode andar sozinha dentro do avião. Como alternativa, você pode optar por opções em que é possível remover as rodinhas.

Por fim, essa variante de caixa de transporte para cachorro pode ser encontrado em metal, que é sempre mais recomendado por ser mais resistente e seguro. Também tem no plástico, mas além de se desgastar com o tempo, pode rachar em alguns locais e acabar machucando o cãozinho.

Estilo bolsa

Bolsas para transportar cachorro é uma das mais famosas para os cães de pequeno porte e o tutor pode encontrar diversos modelos que combinem com seu estilo, até mesmo as que são produzidas por grifes. Essa variação é prática e higiênica (pode ser lavada na máquina com facilidade dependendo do material), ideal para carregar o cão com segurança e conforto, pois a grande maioria é acolchoada por dentro.

Mas é importante lembrar que esse tipo de caixa deve ser apenas utilizado em cães que não passem dos 10 quilos. Carregar animais muito pesados e grandes pode prejudicar a coluna do tutor, portanto, todo cuidado é necessário. Além disso, opte pelas bolsas de transporte com aberturas que possibilitem o cachorro respirar com facilidade, pois em viagens os pets tendem a se sentir enjoados.

Com abertura

Caixa de transporte com abertura é recomendada para todos os tipos de cães, independente do porte. No entanto, ela é indicada principalmente para os cães que costumam sofrer de ansiedade, pois a abertura permite o animal respirar e até mesmo ver o trajeto, o deixando mais calmo.

Na maioria das vezes, esse tipo de item é feito de plástico e também pode vir com rodinhas para facilitar o transporte. Essa é a opção mais econômica e acessível. Não existe nenhuma contra recomendação, a única coisa que o tutor deve ficar atento ao calor, pois por ser de plástico, a caixa pode aquecer e fazer como que o animal sofra com a temperatura durante os trajetos. Tenha cuidado!

Como escolher a caixa ideal para transportar o meu cachorro?

lulu da pomerânia na caixa de transporte

Confira os principais pontos que você deve estar atento ao escolher a caixa de transporte do cachorro:

Tamanho

É muito importante que o seu cachorro fique confortável dentro da caixa, independente se a viagem for curta ou longa. O tutor deverá fazer um cálculo para garantir que o pet fique confortável dentro da caixa. Para isso, some o comprimento da cauda ao focinho, com mais uns centímetros equivalentes aos da altura das patas do cão.

Por exemplo, se o cão mede 80 cm e as patas têm de altura 15cm, a caixa deverá ter 95cm de comprimento para que ele fique bem lá dentro.

Tempo da viagem

A quantidade de horas que o animal passará dentro da caixa também é importante, pois se ele for fazer uma viagem longa, por exemplo, a caixa precisará ter um compartimento para ele beber água e comer. Além disso, é recomendado que a caixa de transporte seja de um material flexível e que tenha o fundo revestido com material impermeável, caso o cão precise fazer xixi. Se você pretende viajar comigo o pet de avião, a caixa precisará ter essas funcionalidades.

Personalidade do cachorro

Se o seu cãozinho for muito agitado e também esperto, é muito importante que o tutor procure uma caixa com um bom sistema de trava, pois ele pode tentar abrir a caixa e fugir. Além disso, se você tem um animal ansioso ou até mesmo idoso, procure uma caixa de transporte com um bom sistema de ventilação para evitar que ele fique nervoso e passe mal. Uma ótima dica é conversar com o médico veterinário para se orientar.

Ele precisa ficar confortável!

Nada melhor do que levar o próprio cachorro na loja para ver como ele vai se sentir dentro da caixa de transporte. Por mais que existam diversas opções na internet, levar o cãozinho na hora da compra pode ser a melhor solução, pois só pessoalmente você vai conseguir ter noção de todas as dimensões da caixa. Boa sorte!

Comentários