Cachorro pode comer pêssego?

Cachorros podem comer pêssego? A resposta para essa pergunta é sim, mas alguns cuidados devem ser tomados ao dar essa nutritiva fruta para o seu cachorro
Cachorro com uma manga na boca

Fruta de aparência nobre e sabor adocicado, o pêssego não chega a ser muito consumido entre os brasileiros, mas faz bastante sucesso em todo o mundo. Talvez, se os benefícios da fruta para a nossa saúde fossem mais divulgados por aqui, o consumo seria maior. De fato, inserir o pêssego na dieta pode trazer benefícios para a mente, o coração, os ossos, os olhos e muito mais.

Mas será que esses benefícios também valem para os cães? Ou melhor: será que os cães podem comer pêssego? Continue lendo este artigo e você terá a resposta para essas e outras perguntas envolvendo pêssegos e cães.

Pode dar pêssegos para cães?

Uma ótima combinação, com certeza. Cães normalmente apreciam muito o pêssego, que é um alimento seguro para eles. Mas há, como você deve imaginar, algumas restrições e alguns cuidados quando o assunto é inserir o pêssego na dieta canina. Antes de tudo, porém, vamos falar sobre os motivos para você fazer isso. E eles são muitos.

O pêssego é rico nas vitaminas A e C. A primeira é importante para a saúde dos olhos dos cães, especialmente quando trata-se de visão noturna, que é muito útil para eles. A vitamina C, por seu lado, tem um papel importante no sistema imunológico dos cães. Além de ser um poderoso antioxidante, ela ajuda a prevenir muitas doenças naturais, inclusive aquelas ligadas ao envelhecimento.

O pêssego é, também, rico em minerais, como cálcio, fósforo, ferro e flúor. O cálcio é importante para os ossos, o fósforo é essencial em muitas funções do organismo canino, como a produção de energia no interior das células, o ferro previne a anemia e o flúor é essencial para o bom estado dos dentes do seu cão.

Por fim, pêssegos possuem muitas fibras alimentares, que ajudam no funcionamento do intestino dos cães. Se o seu pet estiver com um intestino lento, fornecer um pouco de pêssego para ele pode ser de grande auxílio.

Cachorro pode comer caroço de pêssego?

É importante você estar atento aos cuidados no preparo do pêssego para o seu cachorro. O caroço, sobretudo, é bastante perigoso para os cães. Ele pode causar engasgamento, lesões no trato digestivo (por ser bastante áspero) e é, na verdade, realmente tóxico para os cães, já que contém traços de uma substância chamada cianeto.

Procure fornecer a fruta na sua forma mais natural, sem aditivos químicos. Lembre-se de lavar o pêssego, para retirar impurezas em sua superfície, e de não fornecer alimentos industrializados à base de pêssego, como caudas e doces. Corte a fruta em alguns pedaços, para facilitar a vida do seu companheiro de quatro patas.

Lembre-se de não exagerar na dose. Como mencionamos, os pêssegos possuem bastante fibra, que, se consumida em excesso, pode causar diarreia. Além disso, pêssegos contêm quantidade considerável de açúcares, que podem contribuir para problemas como diabetes e cárie. Se o seu cão tiver tendência à obesidade, a moderação deve ser ainda maior. Se ele for um filhote ou de uma raça de pequeno porte, a dose fornecida também deve ser menor.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *