American bully: saiba as características, personalidade, curiosidades e preço

Com uma aparência forte e valente, o american bully é na verdade, um cão brincalhão e ótimo membro da família. Conheça tudo sobre a raça!
american bully marrom

O american bully é uma raça considerada jovem que surgiu em meados da década de 1980 nos Estados Unidos. A raça foi desenvolvida para ter uma aparência forte e imponente, mas ao mesmo tempo carinhosa e companheira. Traduzindo do inglês, o nome significa “valentão americano”, e que nesse caso, são valentões só na aparência.

Ainda não é possível afirmar com certeza quais raças deram origem a esse cão, mas alguns estudiosos acreditam que ele seja uma mistura de buldogue com american staffordshire terrier, já outros defendem que houveram cruzamentos com pit bull. Entretanto, o american bully foi reconhecido como uma raça independente somente em 2013 pelo United Kennel Club.

Características do american bully

O american bully é um cão compacto, sua altura vai até os 55 centímetros, porém, muito pesado, chegando até os 50 quilos. Sua aparência robusta se dá por conta de sua estrutura óssea rígida e seus músculos bem definidos.

A cabeça é grande e larga, com mandíbula forte e bochechas grandes. Seu pescoço é curto e musculoso, ligado a ombros fortes, mas suas patas são pequenas. A cauda é média ou pequena e ligeiramente curvada. Sua pelagem é curta e brilhante, levemente áspera.

Os exemplares de american bully podem ser encontrados em muitas cores: malhado, castanho, preto e branco, branco, azul acinzentado (blue nose), creme, vermelho, marrom, cinza. Geralmente possuem machas brancas na região do peito e do focinho, podendo se estender às patas e barriga.

Personalidade do american bully

american bully de corpo inteiro

A aparência musculosa do american bully pode enganar, pois ele é na verdade muito carinhoso, brincalhão e se dá bem até mesmo com crianças. Apesar se estar sempre atento, ele não é um cão territorialista e consegue dividir bem seu espaço com outros pets, desde que a socialização seja feita da maneira correta. O tutor só precisa estar atento para brincadeiras com cães e crianças menores, pois ele pode ser atrapalhado e não ter noção de sua força.

Essa raça é muito alegre, companheira, fiel e gosta de estar na companhia do tutor. Não tem tendência a ser agressivo ou atacar, mas é esperto e late quando se depara com situações suspeitas, fora isso não tende a ser um cão muito barulhento. E apesar de sua aparência intimidadora, não é um bom cão de guarda, esse peludo nasceu mesmo pra ser um membro da família e um cão para companhia.

Nível de atividade do american bully

american bully estúdio

O american bully é um cão resistente e cheio de energia, por isso, ele precisa de passeios várias vezes ao dia para não se tornar um cão muito agitado em casa. O tutor não deve se limitar à caminhadas, mas aderir também todo tipo de jogo, principalmente os que o estimulem mentalmente. Alguns desses cães podem se dar bem com natação.

Apesar de não ser um cão particularmente agitado, o “valentão americano” pode se tornar destruidor se passar muito tempo sozinho, afinal, ele gosta de estar sempre cercado por sua família. Já na hora do adestramento, é preciso que o tutor deixe claro quem é o líder e seja firme ao impor regras, dessa forma, ele não desenvolverá mau comportamento ou tendência à agressividade. Apesar de ser inteligente, precisa de um tutor com paciência e disposição.

Como é a saúde do american bully?

A expectativa de vida do american bully é de 8 a 15 anos e para garantir uma vida longa e saudável para esse cão, são necessários alguns cuidados. Ele não solta muito pelo, apenas quando está trocando de pelagem, além de não demandar muitos banhos. Contudo, tem tendência a alergias, por isso xampus e outros produtos devem ser escolhidos com cuidado, afim de evitar irritação e ressecamento. Além disso, manter as dobrinhas do cachorro sempre limpas e secas também evitam irritações.

Apesar de ser um cachorro forte e resistente, algumas doenças que podem acometer o american bully são: catarata, hipertireoidismo, surdez, displasia de quadril e de cotovelo – essas duas são má formação dos ossos e cartilagens e comprometem a mobilidade do cão. Lembre-se sempre de garantir a ida ao veterinário para check-ups!

Curiosidades sobre o american bully

american bully na grama

Parecido com o pit bull

O american bully é frequentemente confundido com o american pit bull terrier, mas as raças têm origens diferentes, além de características que os diferem. Geralmente a cabeça do american bully é maior e suas patas mais curtas.

Modificações da cauda e orelhas

Outra coisa que o “valentão americano” tem em comum com o pit bull, são as modificações na cauda e nas orelhas. Muitos cães sofrem com esses procedimentos que visam somente a estética, mas no Brasil essa prática é considerada crime, felizmente.

Variações da raça

  • American bully pocket: é a variação mais popular e também a menor, variando entre 35 e 45 centímetros.
  • American bully classic: é o mais próximo dos primeiros exemplares da raça, geralmente é mais robusto e tem o mesmo tamanho do american staffordshire terrier, de 43 a 48 centímetros.
  • American bully standard: é a variação que resulta toda a raça, pode chegar até os 50 centímetros de altura.
  • American bully extreme: é a variação mais musculosa entre todas, e ainda não é oficialmente reconhecido, mas está se tornando popular.
  • American bully XL: é parecido com o bully classic, porém, pode atingir de 10 a 15 centímetros de altura a mais que as outras variações.

American bully: preço

O preço do american bully varia entre R$2.500,00 e R$6.000,00 no Brasil, tudo depende do canil de origem e linhagem do filhote. Procure sempre um local legalizado e seguro para garantir uma raça legítima e saudável.

Comentários