Como dar remédio para cachorro? Veja 7 dicas que irão te ajudar

Em busca de alternativas para a missão de dar o remédio para o cachorro? Separamos 7 dicas que irão te ajudar. Confira!
Husky Siberiano com um kit de primeiros socorros na boca

Para muitos tutores a parte mais difícil em ter um cachorro doente em casa é como dar a medicação para o pet, pois nem sempre é fácil. Independente de ser líquido ou comprimido, o cãozinho pode se mostrar bastante resistente na hora de tomar o remédio. Alguns vomitam, outros resistem ou ficam até mesmo agressivos. Logo, alguns tutores preferem levar o animal ao médico veterinário apenas para tomar a medicação.

E se você passa por isso, não se preocupe, com certeza você não é o único tutor que tem dificuldade na hora de dar o remédio para o cachorro. E se você quer aprender a realizar essa tarefa, tenha em mente que deverá aprender algumas técnicas para conseguir vencer a resistência do pet. Neste artigo, nós vamos te dar algumas dicas para te auxiliar a medicar o seu cãozinho em casa de maneira rápida e simples. Acompanhe até o final!

7 dicas para dar o remédio para o cachorro

1. Remédio ou petisco? 

Muitos tutores tentam esconder o medicamento logo de cara e essa pode ser uma boa opção. No entanto, tentar fazer com que ele veja e identifique o comprimido também pode ser uma alternativa. Para isso, coloque a cápsula em sua mão, deixe ele cheirar e “investigar” o medicamento. Alguns podem achar que é um petisco e comer sem perceber, e esse é o grande ponto dessa dica. Se o medicamento for um comprimido, você pode experimentar jogá-lo para o peludo como se fosse um petisco, dessa forma, o animal pode muitas vezes ir no reflexo e acabar comendo o remédio sem perceber direito do que se trata. Cães muito apressadinhos são os que mais caem nessa dica!

Entretanto, é preciso dizer que, infelizmente, a maioria vai recusar. Se funcionar, em uma ou terceira vez, você provavelmente precisará recorrer a outro método, pois uma hora ele vai entender o que está acontecendo. Além disso, o cachorro é um animal olfativo e ele vai se lembrar que aquilo não é um petisco.

2. Coloque no meio do patê ou petisco 

Esse é provavelmente o truque mais fácil e utilizado pelos tutores, mas é preciso que o dono do pet faça tudo de maneira correta, pois os cães têm um olfato extremamente poderoso e muito melhor do que o nosso, por isso, jamais deixe o comprimido à vista. Se o remédio for líquido, garanta que você irá misturar bem até que o gosto fique bem mais fraco. E por último, não deixe que o seu amigo de quatro patas veja o que está acontecendo, procure esconder o comprimido na comida bem longe dele. 

3. Se possível, ofereça o remédio na hora da refeição

Outra técnica comum é dar comprimido para cachorro junto da comida. Aproveitar a hora da refeição é um método clássico para fazê-lo engolir o conteúdo sem perceber, uma vez que costuma funcionar bem. Esse momento costuma ser de muita alegria e prazer pro bichinho, logo, ele pode acabar ingerindo o remédio sem perceber o que está acontecendo. 

4. Corte ou amasse o comprimido 

Caso na bula da medicação esteja escrito que não há problema em cortar ou amassar o medicamento, faça isso. Esse método pode facilitar muito na hora de oferecer o medicamento para o animal. Isso porque a fragmentação do medicamento ajuda a esconder, mascarar e misturar na comida. Além disso, ela ajuda que o cão não perceba uma textura diferente ao mastigar e dificulta que ele separe a medicação da comida na tentativa de não comer. 

5. Camufle o remédio em alguma fruta ou outro alimento favorito 

O petisco ou o patê muitas vezes podem não ser suficientes para esconder a medicação do cãozinho. Portanto, tentar oferecer um alimento que ele goste muito, mas não come com frequência, pode ser uma excelente solução para dar o remédio. Você pode tentar misturar na carne, frango, fruta permitida ou até mesmo algum tipo de legume ou verdura que ele goste muito e possa comer. Essa é uma das melhores dicas e se mostra extremamente efetiva com a maioria dos cães. 

Mas atenção, dê apenas os alimentos permitidos para os animais. O ideal é não usar alimentos humanos altamente processados para dar remédio para cachorro. Esses petiscos podem ser saborosos, mas contêm muita gordura, sal, conservantes e condimentos que não são recomendados para animais. Se o cão for agressivo, não tiver intolerância a esses alimentos e não permitir outra alternativa, você pode usá-los em pequena quantidade e com muita cautela. Fique atento a vômitos e mal-estares após a ingestão do remédio e do petisco.

6. O remédio para o cão é líquido, e agora?

Quando o medicamento para o cachorro é líquido e não pode ser misturado com a comida, a tarefa acaba sendo mais difícil. Logo, a maneira mais fácil é usar uma seringa e inseri-la o máximo possível pela lateral da boca do cachorro, entre os dentes e a gengiva. Preste atenção para não machucar nem fazer o pet engasgar, além de não deixar que cuspa o remédio. Uma forma de evitar isso é fechar a boca do cão e soprar no focinho, pois faz com que ele queira lamber o nariz. Dessa forma, ele faz o movimento de engolir a saliva, o ajudando a engolir a medicação.

7. Não brigue com o cachorro

Dar medicamento ao pet realmente não é fácil e pode acabar sendo um momento estressante para o tutor e para o cãozinho. No entanto, em hipótese alguma, grite ou brigue com o animal durante as tentativas. Gritar irá fazer com que ele associe o medicamento a um momento ruim e provavelmente não confiará mais em você para a tarefa, além dele poder ficar com medo quando ver o remédio novamente. Se nenhuma dica funcionar, leve-o ao médico veterinário e deixe que um profissional dê o medicamento a ele corretamente. Boa sorte!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *