Ração Kanina é boa? Veja nossa análise com pontos positivos e negativos

Procurando uma boa ração para seu cachorro? Veja a avaliação completa sobre a ração Kanina. Atualizado em Setembro de 2021.

A alimentação é um fator essencial para que os cães cresçam fortes e saudáveis, por isso, é importante estar sempre atento a quais marcas de ração realmente oferecem uma dieta de qualidade.

Pensando nisso, preparamos uma análise da ração Kanina para ajudar os tutores a entenderem se ela proporciona ingredientes de qualidade e quais são seus pontos positivos e negativos.

Descrição da ração Kanina

A ração Kanina é classificada como standard, ou seja, possui um nível básico de qualidade. Isso significa que seus componentes não apresentam alto valor nutricional como as rações premium, ou categorias acima como premium especial e super premium.

Essa classificação realmente faz jus ao alimento, que, apesar de oferecer vitaminas e minerais, não possui fontes ricas de nutrientes importantes para o desenvolvimento canino, como é o caso das proteínas.

Quais são os ingredientes da ração Kanina?

Os primeiros ingredientes da Kanina são o milho integral moído, farelo de soja e a farinha de carne e ossos de bovinos, que são fontes de carboidratos. É importante que a dieta canina tenha carboidratos, pois eles oferecem energia, contudo, são um meio rápido de ganhar peso, então é preciso equilíbrio com outros nutrientes, como as proteínas.

Ingredientes

Milho integral moído*, farelo de soja*, glúten de milho*, farinha de carne e ossos de bovinos, gordura animal estabilizada, farinha de subprodutos de frango, carbonato de cálcio, cloreto de sódio (sal comum), cloreto de potássio, fosfato bicálcico, hidrolisado de fígado de ave e suíno, vitaminas (A, D3, E, B12, mononitrato de tiamina, suplemento de riboflavina, cloridrato de piridoxina, niacina, ácido fólico, pantotenato de cálcio, cloreto de colina), minerais (sulfato de zinco, sulfato ferroso, sulfato de cobre, sulfato de manganês, iodato de cálcio, selenito de sódio), antioxidante BHT.

A Kanina também conta com farinha de subprodutos de frango que não possuem alto nível nutricional e consiste em partes ruins, como cartilagens e órgãos, como fígado.

Por outro lado, sua composição também oferece gordura de origem animal, que contribui para a presença de ácidos graxos no organismo. Seus minerais e suas vitaminas também são importantes, sendo possível citar a vitamina A, que ajuda na visão canina.

Quantidade de ração Kanina

De acordo com o fabricante, esta deve ser a quantidade de ração de acordo com as características do cachorro:

Porte do cão Peso do cão Quantidade diária
Raças miniaturas Até 5 kg 30 a 130 g
Raças pequenas 5,5 a 9 kg 130 a 180 g
Raças médias 9 a 22,5 kg 180 a 340 g
Raças grandes 22,5 a 45 kg 340 a 560 g
Raças gigantes Acima de 45 kg 560 g + 45 g para cada 5 kg de peso corporal acima de 45 kg

Perguntas frequentes sobre essa ração

A ração Kanina possui aditivos químicos?

Sim, a Kanina possui antioxidante BHT.

A ração Kanina possui transgênicos?

Sim, sua fórmula conta com milho e soja transgênicos.

Quais as rações disponíveis da linha

  • Ração Kanina Filhotes Carne e Cereais
  • Ração Kanina Carne e Cereais
  • Ração Kanina Carne e Vegetais

Pontos positivos da ração

Preço acessível

A Kanina possui um preço bastante acessível, o que pode ser um dos principais atrativos para os tutores na hora da compra.

Pontos negativos da ração

Possui transgênicos

A ração kanina possui transgênicos, e, apesar de não ser possível comprovar que eles fazem mal à saúde canina, alguns especialistas recomendam que os tutores evitem os alimentos transgênicos.

Conservantes sintéticos

A Kanina não é conservada naturalmente e sua fórmula conta com antioxidantes sintéticos.

A ração Kanina realmente é boa?

A ração Kanina apresenta uma qualidade muito básica. Apesar de possuir minerais e vitaminas, a ração não oferece muita variedade de ingredientes e nem muitos dos nutrientes essenciais, como as proteínas e fibras. Além de seu baixo valor nutricional, vale lembrar também que a Kanina possui transgênicos e antioxidantes sintéticos, que podem ser prejudiciais à saúde dos cães.

Comentários