Cachorros podem pegar coronavírus? Saiba como proteger seu pet

Cães pegam coronavírius? Eles precisam usar máscaras? Trouxemos todas as informações para você saber qual tipo de coronavírus afeta os cachorros.
cão sorridente com máscara no pescoço

Os cães não são infectados ou transmitem a COVID-19, no entanto alguns cuidados são necessários para manter a segurança do cãozinho e de toda a família

A chegada do novo coronavírus tem causado medo e preocupação em grande parte dos brasileiros. Além disso, a doença acabou mudando a rotina das pessoas de diversas maneiras devido ao isolamento social. E a preocupação vai além dos humanos. Após o primeiro cachorro testar positivo para a doença em Hong Kong, muitos tutores acabaram ligando o alerta e aumentado o cuidado também com os pets.

O primeiro cãozinho que testou positivo para o vírus acabou falecendo no início de março deste ano após ser liberado do isolamento.  O pet teve que ficar longe da tutora e em quarentena em um laboratório para ser testado. O cachorro fez diversos exames nasais e orais, mas todos os resultados deram “fraco positivo”. Como o animal já tinha 17 anos, sua tutora acredita que ele morreu devido a todo o estresse que foi submetido e não por causa do coronavírus.

No entanto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) começou a monitorar de maneira continua todos os casos de coronavírus ligados a cães e gatos em todo o mundo. Com isso, outros casos isolados foram identificados em alguns cães nos Estados Unidos e Europa.

O último animal a testar positivo para o vírus foi um gato na Bélgica. Porém, especialistas afirmam que os pets não correm risco com a COVID-19 e o motivo que levou o cãozinho a falecer em Hong Kong, não foi esse vírus.

Apesar de ainda não existir evidências suficientes de que os pets podem ter o coronavírus, é importante que o tutor tome alguns cuidados com os peludos. Logo, neste artigo nós vamos esclarecer as principais dúvidas sobre a COVID-19 nos pets e também algumas dicas para proteger o animal. Boa leitura!

Como manter os cachorros protegidos do coronavírus?

Primeiramente é importante ressaltar que os cachorros não transmitem ou são infectados com a COVID-19. Mas os cães que chegaram a ser infectados com a doença, possivelmente contraíram o coronavírus dos seus tutores.

Por isso, caso você desconfie que possa estar com o vírus, é importante que você se isole de toda a família e também do cãozinho. Manter todo o ambiente sempre limpo é muito importante para manter a segurança de todos na casa.

O isolamento é muito importante, pois infelizmente os cães podem transportar os vírus nas patas, pelos ou salivas caso entrem em contato com a tosse, espirro ou saliva de alguém doente. Por isso, após fazer carinho ou brincar com o pet lave as mãos com detergente ou use álcool em gel. Essa medida garantirá a segurança de todos.

Além disso, é muito importante que a rotina de banho e tosa continue sendo mantida. Diversos pet shops e clínicas veterinárias estão oferecendo aos tutores a opção de buscar o pet em casa, procure algum serviço na sua cidade e cuide da higiene do seu cãozinho.  Você também pode dar banho no seu cachorro em casa, mas lembre-se de usar apenas os produtos próprios para o pet.

Além disso, você deve tomar alguns outros cuidados quando decidir passear com o seu cachorro na rua. Assim como você higieniza as mãos quando chega em casa, você deve procurar higienizar as patas do seu pet.

Mas lembre-se: lave as patas do cachorro com um shampoo ou lenço umedecido próprio. Usar álcool em gel ou detergente na pata do seu cãozinho pode causar queimaduras, pois a pata dos pets têm uma camada muito fina e sensível. Tome bastante cuidado!

Evite também passear com o seu cachorro em horário de pico ou em locais onde possa existir uma aglomeração, como os parques. Essa medida garantirá a sua segurança e também a do seu cãozinho.

Além disso, caso alguém queira se aproximar do animal durante o passeio, peça para que a pessoa não faça isso e explique a situação, pois o vírus pode ficar no pelo do animal.

O uso de máscara em cães não é necessário, pois essa medida pode prejudicar o bem-estar do seu pet durante o passeio. Mas lembre-se, você deve utilizar a máscara durante todo o trajeto.

Existe vacina do coronavírus para os cães?

A família do coronavírus se divide em quatro gêneros e a COVID-19 é apenas mais um “membro” do grupo das coronaviroses. Logo, cada um desses vírus possui uma estrutura e função diferente e infelizmente alguns membros dessa família podem atingir os cães e gatos.

O coronavírus que atinge os pets age de maneira diferente. Geralmente ele atinge o trato gastrointestinal do animal, que podem ter febre, diarreia e até mesmo anorexia.

Porém, existe uma boa notícia: as coronaviroses que atingem os animais já eram conhecidas há muitos anos, logo, existem vacina para os cães. Procure uma clínica veterinária especializada em vacinas, tire suas dúvidas sobre a imunização canina e proteja o seu amiguinho.

Husky Siberiano com um kit de primeiros socorros na boca
Husky Siberiano com um kit de primeiros socorros na boca

No entanto, essa vacina foi desenvolvida para um tipo de coronavirose já conhecida, ou seja, não se trata da COVID-19. Mas, sem dúvidas, ela pode ajudar a proteger o seu cãozinho.

Além disso, é importante ressaltar que essa vacina não protege ou imuniza os humanos, ela foi desenvolvida há muitos anos atrás apenas para as coronaviroses que atingem os cães, que é bastante diferente do vírus que está atingindo os humanos. Logo, ela acaba sendo ineficiente contra a COVID-19.

Além disso, a vacina de coronavírus dos cães não pode ser utilizada em humanos e nem nos gatos, pois podem trazer riscos enormes, já que foi desenvolvida especialmente para os cachorros.

Visto isso, se você deseja se manter seguro, proteger o seu pet e também toda a sua família, use máscaras, mantenha a casa limpa e respeite as normas estabelecidas pelo governo da sua cidade, como o distanciamento social.

Em relação ao pet, mantenha a higiene dele sempre em dia. E lembre-se: eles não transmitem a doença, então se livrar do animal não é uma opção ou medida para se proteger da COVID-19. Cuide e zele pela saúde e segurança do seu bichinho!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *