Cera preta no ouvido dos cães: o que pode ser e como tratar?

O acúmulo de cera no ouvido dos cães pode ser muito prejudicial. Por isso, a cera preta é um sinal de alerta e precisa ser tratada. Entenda
Rosto Bulldog Francês

Ser tutor de um cão é estar atento à saúde do pet quase o tempo todo. Mas infelizmente nós não temos conhecimento de tudo que acontece com o nosso cãozinho, como por exemplo, o surgimento de cera preta no ouvido dos cães. Você sabe o que significa e as doenças que este tipo de cera pode causar no animal?

Ter conhecimento de algumas questões relacionadas à saúde do cão é de extrema importância. A cera preta que surge na orelha dos peludos não pode ser ignorada, pois além da aparência e cheiro desagradável, essa cera pode causar diversas doenças no animal, além de muita dor e desconforto no pet. Logo, é preciso cuidar.

Neste artigo nós vamos te explicar o porquê esse tipo de cera surgir na orelha do animal e quais são os problemas auditivos que ela pode ocasionar no bichinho. Acompanhe até o final! 

O que é a cera preta no ouvido dos cães?

A cera preta no ouvido do animal inicialmente tem a função de proteger o aparelho auditivo do peludo. A cera é composta por substâncias gordurosas, que dificultam a entrada de água ou outros tipos de substâncias no canal auditivo, por exemplo. No entanto, tudo aquilo que é em excesso acaba fazendo mal para o bichinho.

Logo, quando há uma alta produção de cera, significa que algo está errado com o seu cachorro. A partir do momento que ela começa a ser produzida em excesso, significa que o órgão auditivo do animal se encontra “ameaçado”. E quando há muita cera e pouca limpeza, essa cera acaba ficando preta, gerando um mau odor além de dor e incômodo no pet.

Se durante a higienização ou até mesmo alguma brincadeira você notou a presença de muita cera ou cera preta no ouvido do cãozinho, fique atento: você pode estar diante de uma séria doença no canal auditivo do pet.

Entre as doenças que podem estar associadas a um aumento na quantidade de cera presente no ouvido do cachorro estão: seborreia, atopia, sarna de ouvido, otite externa, presença de corpos estranhos no canal auditivo e até mesmo tumores.

Mesmo que você higienize em casa, é necessário levar o animal ao médico veterinário para entender o real motivo de tanta produção de cera no canal auditivo. Lembre-se que o pet pode estar sentindo muita dor, logo, não hesite ou demore a levá-lo para uma consulta com um profissional para que a questão seja tratada o mais rápido possível. 

Cera preta X otite canina 

A otite canina é na realidade uma inflamação no canal auditivo do pet, ela pode ser causada por diversos fatores, desde alergias até seborreia, passando pela presença de corpos estranhos. E na maioria dos casos, a cera preta está relacionada com a otite canina, pois a inflamação do conduto auditivo leva à produção de uma cera de coloração alterada e em excesso. Ela também pode ser proveniente de fungos e bactérias. 

Portanto, ao suspeitar que seu amigo pode estar com a doença, agende uma consulta com o médico-veterinário para entender como tratar otite canina. Além de confirmar a inflamação, ele poderá identificar a origem do problema por meio de exames, dando início ao tratamento mais adequado para cada situação.

Tratando a cera preta

Para tratá-la é importante saber o que está levando o animal a ter inflamações que estão produzindo a cera preta. Para saber qual doença o animal tem, são necessários alguns exames feitos com o médico veterinário. Se o motivo for a otite canina, o animal precisará ser tratado com antibióticos e alguns remédios específicos.

Além disso, o tutor precisará manter a higiene do local. Para limpar as orelhas do cachorro, é muito importante que você utilize algodão e soro fisiológico. No entanto, é muito importante que você peça para um profissional limpar a orelha do pet inicialmente, pois em alguns casos, existe tanto acumulo de cera, que ao limpar o ouvido do cachorro, o tutor pode acabar machucando e causando um sangramento no bichinho.

Cuidando da higiene do ouvido do cachorro em casa

  • Limpe a orelha do seu pet com regularidade, com a ajuda de um algodão seco;
  • Durante o banho, mantenha o canal auditivo dele protegido;
  • Seque bem as orelhas do cachorro após o banho;
  • Em caso de cachorros com orelhas caídas (pendulares), fique atento aos bebedouros. Alguns cães podem molhar as orelhas enquanto bebem água;
  • Mantenha o ambiente do pet sempre limpo;
  • Proporcione ao seu amigo uma vida saudável com alimentação balanceada, rotina adequada e não deixe de levá-lo ao veterinário para consultas regulares. Boa sorte!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *