Cachorro pode comer caju?

Cachorros podem comer caju? A resposta para essa pergunta é sim, mas alguns cuidados devem ser tomados ao dar essa fruta para o seu cachorro. Confira!
caju pendurado no cajueiro

Uma das frutas mais brasileiras que existe, o caju encanta a muitos com a sua combinação única de acidez e doçura, além de contar com uma castanha também comestível e igualmente saborosa. E se uma fruta assim tão incrível pudesse também ser consumida pelos cães? Será que os cães também gostam de caju? E a castanha? Será que ela pode ser ingerida pelos cães? São essas as perguntas que nós vamos te responder neste artigo. Boa leitura!

Pode dar caju para cachorro?

Sim, cães podem comer caju. Mas essa resposta não fornece todas as informações que você deve saber na hora de dar caju para o seu cachorro. É interessante saber, por exemplo, se há bons motivos para fornecer a fruta ao seu pet. E, como você verá agora, os motivos para isso são vários.

Os cães necessitam ter certa variedade em suas dietas. Por mais que as rações tradicionais sejam formuladas pensando nas suas necessidades nutricionais, é possível enriquecer a dieta por meio de alimentos que forneçam certos nutrientes específicos. Oferecer frutas pode não apenas significar um incremento em alguns nutrientes essenciais, como também uma novidade saborosa para os cães, que adoram o seu sabor adocicado.

O caju é uma boa combinação de sabor e nutrição. Entre os seus principais nutrientes podemos encontrar a vitamina C, que cumpre no organismo canino funções tão importantes como aquelas que cumpre no nosso. A vitamina C atua no sistema imunológico dos cães, fazendo com que eles estejam mais aptos a resistir aos microrganismos maléficos.

Além disso, ela também é um poderoso antioxidante, evitando o desgaste de muitas células dos cães e retardando o envelhecimento.

O caju é rico também em flavonoides, que possuem um efeito antioxidante semelhante ao da vitamina C. Eles podem, inclusive, ajudar na prevenção do câncer, um mal que, infelizmente, também atinge os cães. Os flavonoides do caju podem ainda auxiliar no controle do colesterol, evitando futuros problemas no coração.

Por fim, o caju também possui minerais essenciais para a saúde dos cães. Podemos encontrar nele boas quantidades de cálcio (essencial para os ossos), ferro (previne a anemia), zinco (atua no sistema imunológico e ajuda nas cicatrizações) e cobre (torna o pelo dos cães mais vistoso).

Cachorro pode comer a castanha do caju?

A primeira coisa que você deve saber antes de dar caju ao seu cachorro é que ele não pode consumir a castanha. Nem na sua forma natural (já que ela possui toxinas que podem até ser letais), nem a castanha processada, que também não é bem digerida pelos cães. Por isso, lembre-se de dar apenas a parte carnosa para o seu pet.

Outro detalhe importante, é que você deve moderar na dose ofertada de caju. O caju é rico em fibras, que em pequena quantidade podem ser benéficas para o funcionamento do intestino, mas em excesso podem causar um pequeno estrago. Portanto, se você não quer que o seu cão tenha diarreia, não exagere ao dar caju para ele.

Diante disso, dê o caju fresco e cortado em alguns pedaços, apenas uma vez ao dia. Lembre-se de conferir se o caju não recebeu aditivos químicos, que podem ser bastante prejudiciais à saúde dos cães. Evite dar a fruta inteira, que pode ser um pouco difícil de mastigar e digerir.

No mais, apenas se certifique com um veterinário para saber se o seu cão não possui alguma condição médica que o impossibilite de comer caju. Lembre-se de que esse profissional é sempre o mais recomendado para te informar sobre todos os detalhes da saúde e da nutrição do seu pet.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *