Ração Royal Canin para Bulldog é boa? Veja avaliação completa em Novembro de 2021

Procurando uma boa ração para seu cachorro? Veja a avaliação completa sobre a ração Royal Canin Bulldog Inglês. Atualizado em Novembro de 2021.

Os tutores de cães sabem que cada raça demanda necessidades específicas e com o bulldog inglês não é diferente. Essa raça precisa de nutrientes que auxiliam no equilíbrio intestinal, no sistema ósseo e na manutenção do peso ideal, por isso, escolher uma ração de boa qualidade é essencial.

Pensando nisso, preparamos uma análise sobre a Royal Canin Bulldog, a fim de entender como seus principais componentes agem no organismo canino e responder às principais dúvidas dos tutores, definindo de vez se essa é ou não uma boa ração. Confira!

Sobre a Royal Canin para Bulldog

A Royal Canin Bulldog é uma ração do tipo Super Premium, o que indica que possui a mais alta classificação entre as rações disponíveis no mercado atualmente.

Essa ração foi desenvolvida especialmente para os cachorro da raça bulldog inglês, dessa forma, atende às principais necessidades da raça, como a ação no equilíbrio intestinal, reduzindo as flatulências e odor das fezes, e na saúde dos ossos e articulações, devido aos seus níveis de cálcio e fósforo.

A ração também auxilia na proteção da pele e nos cuidados com os pelos, já que possui ingredientes que são fontes de ômega 3 e 6. Além disso, seus grãos são de formato adaptado e contribuem para a manutenção do peso ideal.

A Royal Canin Bulldog também possui embalagens para filhotes da raça, com fórmulas que visam o desenvolvimento e crescimento adequado, com níveis adequados de vitaminas, minerais, proteína e energia.

Quais os ingredientes dessa ração?

Os primeiros ingredientes da Royal Canin Bulldog Inglês são fontes de proteínas como a farinha de vísceras de aves e a farinha de torresmo, que são importantes para o desenvolvimento dos músculos e para a condição corporal ideal.

Os carboidratos presentes em sua composição são quirera de arroz e farinha de trigo, que proporcionam energia ao cão. A ração ainda conta com gordura de frango e gordura suína, que são de origem animal, logo, são saudáveis para o organismo canino.

Ingredientes

Quirera de arroz, farinha de vísceras de aves, farinha de torresmo, gordura de frango, polpa de beterraba, lignocelulose, gordura suína, óleo de peixe refinado, óleo de soja refinado*, glúten de trigo, cloreto de sódio (sal comum), levedura seca de cervejaria, cloreto de potássio, parede celular de levedura (MOS), citrato de potássio, hidrocloreto de glicosamina, sulfato de condroitina, extrato de marigold, extrato de chá verde, zeolita, sorbato de potássio, tripolifosfato de sódio, Vitaminas (A, C, E, D3, B1, B2, B6, B12, PP) ácido pantotênico, biotina, ácido fólico, cloreto de colina, inositol, sulfato de ferro, sulfato de cobre, óxido de manganês, óxido de zinco, iodato de cálcio, carbonato de cálcio, levedura enriquecida com selênio, cobre aminoácido quelato, manganês aminoácido quelato, zinco aminoácido quelato, tirosina, taurina, DL-Metionina, palatabilizante à base de fígado de frango, antioxidante (BHA). *óleo de soja produzido a partir de soja geneticamente modificada por Agrobacterium tumefaciens, Arabidopsis thaliana, Streptomyces viridochromogenes, Bacillus thuringiensis.

A Royal Canin Bulldog Inglês também age nos cuidados com pelos e pele, devido a ingredientes como óleo de peixe refinado, que é fonte de ômegas 3 e 6, e biotina. Já a casca de ervilha, polpa de beterraba e zeólita atuam no sistema digestivo, reduzindo ainda o odor das fezes.

Por fim, vale destacar ainda a levedura seca de cervejaria, que favorece a imunidade, a taurina, que auxilia nas funções do coração, e a condroitina e glicosamina, que protegem e fortalecem os ossos e articulações.

Quantidade de ração Royal Canin Bulldog Inglês

De acordo com o fabricante, esta deve ser a quantidade de ração de acordo com as características do cachorro:

Peso do cão adulto Baixa atividade Atividade moderada Atividade alta
18 kg 225 g 260 g 296 g
20 kg 243 g 282 g 320 g
22 kg 261 g 303 g 344 g
24 kg 279 g 323 g 367 g
26 kg 296 g 343 g 390 g
28 kg 313 g 363 g 412 g
30 kg 330 g 382 g 434 g

Perguntas frequentes sobre a ração

A Royal Canin Bulldog Inglês contém transgênicos?

Sim, há ingredientes transgênicos derivados da soja.

A Royal Canin Bulldog Inglês contém aditivos químicos?

Sim, a ração contém antioxidante BHA.

Rações disponíveis da linha

  • Bulldog Inglês Puppy (para cães até os 12 meses de vida)
  • Bulldog Inglês Adult (para cães a partir dos 12 meses de idade)

Pontos positivos da ração

Grãos de tamanho adaptado

Os cães da raça bulldog inglês são braquicefálicos, ou seja, possuem o focinho achatado, por isso, é importante que as rações contenham grãos adaptados, para o seu tipo de mandíbula, como acontece com a Royal Canin Bulldog Inglês. Assim, facilita a mastigação e, consequentemente, a digestão.

Possui bons ingredientes para bulldogs

A Royal Canin Bulldog Inglês contém componentes essenciais para os cuidados com a saúde e bem-estar dos cães dessa raça. Os principais são a condroitina e a glicosamina, que cuidam dos ossos e articulações, combatendo as displasias.

Manutenção do peso ideal

A composição da Royal Canin Bulldog Inglês contribui para a manutenção do peso ideal, já que os exemplares de bulldog inglês têm tendência ao sobrepeso.

Pontos negativos da ração

Possui transgênicos

A Royal Canin Bulldog Inglês contém ingredientes transgênicos, o que não é muito bem recomendado. Porém, é importante ressaltar que não existem estudos que comprovem que os transgênicos presentes em rações sejam prejudiciais para a saúde dos cães.

Possui antioxidantes sintéticos

O mais indicado é que as rações caninas sejam conservadas com antioxidantes naturais, visando a saúde e longevidade. Contudo, a Royal Canin Bulldog Inglês utiliza antioxidantes sintéticos, o que pode ser prejudicial para a saúde canina.

A ração Royal Canin Bulldog realmente é boa?

Sim, a Royal Canin Bulldog é uma boa ração. Sua composição apresenta ingredientes de qualidade, que garantem uma alimentação rica e balanceada, com bons níveis de proteínas, carboidratos e ômegas. Além disso, a marca cumpre com o que promete e atende bem às necessidades dos cães da raça bulldog inglês.

Por outro lado, é importante que os tutores saibam que sua composição conta com ingredientes transgênicos e antioxidantes sintéticos, o que pode ser ruim para a saúde canina.

Comentários